O Balanço de 2019

Eu Mesma

Então, volta o cão arrependido, as orelhas caídas, o rabo entre as pernas…

Feliz Ano Novo, gente!

Sei que não dou as caras aqui desde agosto, e acabei nem compartilhando mais as minhas leituras mensais com vocês! Em minha defesa eu passei bastante tempo lendo em setembro e outubro (12 livros por mês) e depois de novembro minha vida entrou num looping muito louco que vou contar aqui mais pra frente!

De todo jeito, não me sobrou muito tempo pro blog e eu não acredito em fazer as coisas mal feitas, por isso resolvi dar uma pausa e voltar quando as coisas se acalmassem.

As coisas não se acalmaram, HAHAHAHHHAHA, mas me deu de novo aquela vontade doida de vir aqui falar com vocês, e que jeito melhor do que cumprir minha promessa de fazer um balanço das minhas metas de 2019?

No post do Projeto 2019, fiz uma lista de coisas que queria fazer, essa lista, na época do post, já estava meio defasada, mas quis ser fiel à ela e depois vir discutir com vocês quais metas eu consegui cumprir e quais as novas metas para 2020. O Projeto 2020 vai ficar para outro post, mas abaixo vocês conferem a minha lista de 2019 comentada:

  1. Publicar um livro na Amazon!
    Bom, eu não cheguei a publicar um livro na Amazon, e nem a terminar de escrever um livro, MAAAAAAS, senti que essa meta foi cumprida quando publiquei meu primeiro conto no Wattpad 😀 prometo voltar aqui pra falar sobre ele em breve, mas quem tiver curiosidade, pode acompanhar a história através desse link.

  2. Manter e expandir meu Blog;
    Claramente eu falhei miseravelmente nessa. Quer dizer, eu mantive o blog, mas dei aquela barrigada no final do ano. Então ele não foi expandido, mas foi mantido nas coxas HAHAHAHAHAHAHAHHA

  3. Escrever diariamente:
    1. Pelo menos uma página do livro por dia;
    2. Pelo menos um post no Blog por semana;

      Mais uma falha. No começo do ano até que fui bem, mantendo postagens semanais no blog e escrevendo pelo menos um parágrafo do meu livro por dia. Baby steps. Porém, lá pelo meio do ano as coisas começaram a ficar bagunçadas na minha vida (na minha cabeça, na real) e eu acabei ficando cada vez mais sem escrever. O projeto do livro acabou parado e o blog em pausa lá pelo final do ano.

  4. Planejar um canal no Youtube para o Blog;
    #Fail! Até cheguei a comprar alguns equipamentos que julguei necessários para começar um canal e assisti alguns vídeos para aprender mais sobre essa arte, mas, no fim do dia, eu mal estava conseguindo manter o blog, imagine um canal… essa é uma meta que vou repensar cuidadosamente se vai ou não rolar pra 2020.

  5. Alimentar as Redes Sociais:
    1. Instagram: Blog e Pessoal (diariamente);
    2. Facebook: Blog (semanalmente);
    3. IGTV (semanalmente);

      Aqui acho que foi quase. Pelo menos na parte do Instagram. Me cobro muito de postar diariamente, pelo menos durante a semana e a cuidar para que o feed fique bonito. Mas os conteúdos do IGTV nunca viram a luz do dia e os posts semanais no Facebook do blog pararam ao mesmo tempo em que o blog parou de ser alimentado.

  6. Ler diariamente;
    Como vocês puderam notar pelos posts de leituras mensais, eu QUASE arrasei nessa meta. Pelo menos, até outubro, eu estava lendo MUITO. Depois de outubro tive uma espécie de break psicológico e não voltei a ler até hoje. Em nome de Jesus isso vai mudar, mas quero compartilhar com vocês meus números de leitura de 2019:

    Livros Lidos: 67
    Páginas Lidas: 19.892
    Média de Páginas por Dia: 55


  7. Ver séries diariamente;
    #Fail. Tivemos meses bons e meses ruins em 2019. Este ano estou voltando a praticar essa meta e espero conseguir ver pelo menos um episódio de alguma coisa por dia, porém, sempre muito difícil manter o ritmo.

  8. Assistir filmes semanalmente;
    Aqui também foi uma coisa bem discrepante. Tivemos meses bons e meses ruins. Semanas em que assisti mais de um filme e semanas em que não vi nenhum. O grande problema foi minha conta bancária cada vez mais mixuruca que não me permitiu me aventurar tanto no cinema quanto eu gostaria.

  9. Assistir musicais e espetáculos de teatro mensalmente;
    Outra falha gigante. Consegui ver vários espetáculos, mas não com a frequência que queria. E definitivamente perdi alguns por falta de dinheiro 😦

  10. Estudar Planejamento Financeiro:
    1. Começar a investir;
      Muito #Fail. Principalmente pela falta de grana. Eu tava contando as moedas pra conseguir almoçar, então não sobrou muita coisa pra investir. Pelo contrário, tô cada vez mais afundada em dividas. HELP!

  11. Vender o carro;
    Essa meta acabou vindo por que precisava de dinheiro para viajar. Mas a Estrela da Morte não é um carro fácil de ser vendido, e quando eu fui pra NYC e não tinha conseguido vendê-lo ainda, acabei desistindo. A meta agora é trocá-lo por um modelo mais novo, por que gente, sério, quando você começa a andar de carro, é muito difícil ficar sem.

  12. Fazer uma limpeza geral:
    1. Vender coisas novas que não estou usando;
    2. Separar roupas e calçados para doação;

      Sucesso. Quase. Eu fiz a limpeza geral. Separei um monte de DVD’s e livros e vendi num sebo. Tirei um monte de roupas e calçados do guarda-roupas e doei. Mas algumas dessas coisas eu não consegui vender pra fazer uma renda extra. Acho que preciso pensar numa estratégia de marketing melhor, talvez usando o Instagram.

  13. Viagem para Nova York:
    1. Comprar celular novo;
    2. Comprar notebook;
    3. Comprar câmera;

      SUCESSO REAL! A viagem foi incrível e consegui comprar todas as coisas da minha lista e mais um pouco! Infelizmente estou endividada por causa disso até hoje. O lema “vou deixar a Pam do futuro resolver isso” nunca me fodeu tanto.

  14. Começar a planejar a saída da casa dos meus pais;
    Mais uma falha. No fim das contas eu queria sair da casa dos meus pais devido a problemas com a minha mãe. Uma vez que resolvemos nossas diferenças, essa meta acabou não fazendo tanto sentido, principalmente pra alguém com tantas dividas quanto eu.

  15. Procurar cursos:
    1. Fotografia;
    2. Captura de Vídeo;
    3. Edição de Vídeo;
    4. Roteiro;
    5. Escrita Criativa;

      Eu REALMENTE cheguei a procurar todos esses cursos. Mas fiz mesmo só o de Fotografia, que foi maravilhoso. Os outros acabaram ficando pra escanteio quando os problemas com grana começaram.

  16. Pensar em novas faculdades:
    1. Produção Audiovisual;
    2. Cinema;

      E como eu pensei hein… meus motivos para procurar outra formação era o descontentamento crescente com o meu antigo emprego, onde eu não via chance de crescimento, nem oportunidade pra começar a ganhar melhor e assim pagar minhas dividas. Nessa hora pensei em mudar de rumo. E eu realmente mudei. Mas de emprego, rs. Essas faculdades ainda estão guardadas num cantinho do meu coração, mas por enquanto to querendo fazer minha carreira publicitária dar uma virada nesse novo trabalho.

  17. Intercâmbio?
    Não em 2019. E definitivamente não em 2020. Porém, estou finalmente planejando, para as minhas férias em 2021, um intercâmbio de um mês na Nova Zelândia.

  18. Ser voluntária em alguma causa social;
    Essa foi difícil demais. Principalmente por causa do meu psicológico. Não consegui pensar em fazer os trabalhos voluntários mais básicos como: ajudar moradores de rua, ajudar crianças carentes ou ajudar com bichinhos abandonados que sofreram maus tratos. Qualquer uma dessas coisas me fazem chorar só de imaginar. Tive a ideia de me voluntariar num projeto que constrói escolas e casas para pessoas carentes e me inscrevi no projeto Magalô, mas ainda não fui convocada para ajudar 😀

  19. Manter uma rotina de cuidados comigo mesma:
    1. Cuidados com a pele diariamente;
    2. Cronograma Capilar semanalmente;
    3. Manicure semanalmente;
    4. Pedicure mensalmente;
    5. Sobrancelhas mensalmente;
    6. Depilação mensalmente;

      Normalmente mantenho com sucesso essa rotina de cuidados. Comecei a deixar um pouco de lado as coisas que vão dinheiro quando a grana apertou, mas, no geral, eu diria que essa meta foi cumprida com sucesso.

  20. Encontrar um esporte:
    1. Natação?
    2. Pilates?

      #FAIL, essa meta não rolou ano passado, mas agora em 2020 já me associei à um clube que oferece esportes por um preço mais acessível. Logo mais vou estar ocupadíssima nas minhas aulas de Boxe Chinês e Natação!

Enfim, gente! Esse foi o balanço das minhas metas de 2019. Juro que fui totalmente transparente com tudo e já estou preparando a minha lista com metas para 2020, onde várias dessas coisas que falharam vão entrar de novo e vou tentar cumprir mais uma vez.

No todo, eu sinto que sai de 2019 muito melhor do que entrei. Não foi um ano nada fácil. Levei várias pancadas na cabeça, mas saí bem mais forte. Todas as coisas ruins que me derrubaram, também me fizeram levantar mais resistente. Como diz aquela música da Kelly Clarkson “What doesn’t kill you makes you stronger“.

Então, apesar do pesares, tenho a sensação de que me tornei a melhor versão de mim mesma. Que finalmente estou indo em frente, com objetivos claros e que minha vida está andando da forma que eu quero. Agora é seguir adiante, sempre evoluindo e sendo uma pessoa melhor do que fui ontem 😀

Throwback: New York, New York

Na Estrada, Throwback

Se tem um negócio que eu gosto de fazer é viajar. Normalmente não importa o lugar, se tenho a chance de botar o pé na estrada, não perco tempo: preparo minha mochila, compro minhas passagens, arranjo uma companhia (ou não) e parto em direção ao horizonte.

Na maior parte das vezes eu viajo sozinha, mas sempre tenho o costume de encontrar alguém no meu destino final. Como minha fama de perdida não me deixa mentir, acabo tendo um pouquinho de medo de me aventurar sozinha pelo desconhecido sem ter alguém pra me dar uma sensaçãozinha de segurança. Esse medo multiplica-se por mil se estivermos falando de uma viagem internacional, onde não conheço a cultura, os costumes e nem mesmo a língua falada no lugar.

action-adventure-blur-386009

Graças a Deus uma das minhas prirmãs (no caso aquela prima que é quase uma irmã) fez as malas e se mandou pros States há uns 10 anos, então, quando resolvi botar minha cara num sol gringo, não importou muito que meu inglês se resumisse à “the book is on the table“, quando a oportunidade surgiu apenas comprei minhas passagens, fiz minhas malas e parti em direção a uma das melhores viagens da minha vida.

O post de hoje é o ponta pé inicial de mais uma série aqui no blog: o Throwback pela minha viagem dos sonhos à Nova Iorque, que rolou no final de 2015 e começo de 2016 e me proporcionou, entre outras coisas, aquela experiência maravilhosa de conhecer o inverno e o natal mais famosos do mundo.

IMG_7456[1]

Inicialmente eu planejava fazer apenas um post e contar toda essa minha aventura de uma vez só pra vocês, mas, quando fui dar uma olhadinha no meu arquivo de fotos da viagem, tomei aquele sustinho básico com as mais de 1.200 imagens registradas pela câmera do meu iPhone 5, e percebi que não ia dar pra resumir tudo aquilo numa postagem só.

Então a partir de hoje, e pelas próximas semanas, vamos ter toda quinta-feira um #tbt muito especial, contando todas as peripécias que rolaram nessa viagem dos sonhos.

Apertem os cintos e brace yourselves, porquê winter is coming 😉